Um café e uma resenha - Como Eu Era Antes de Você


  NESTE POST CONTÉM SPOILERS!
Olá pessoal, tudo bem ?
Depois de muito desejo de assistir o filme, consegui!!!
Gostaria de deixar um sentimento que me definiu depois de ter assistido: 
PAIXÃO. 

Sem mais delongas, vou contar pra vocês um pouco do que acontece.Começarei detalhando os 3 personagens principais e o sentimento de cada um dentro do filme:
  •  Louisa Clark: Uma menina super extrovertida, com um humor contagiante e super alegre, engraçada e bem falante. Conquista Will com seu jeito maluquinho e suas roupas ridículas.
  • Will Traynor: Depois do acidente, Will se tornou frio, gostava de ficar sozinho e odiava o bom humor de Clark. Com o tempo foi se acostumando e deixando levar pela alegria de Clark.
  • Patrick: Namorado de Clark, viciado em esportes.
RESUMO:

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.

Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.


CRÍTICA:

Bom, o que falar do filme com a comparação do livro? Superou minhas expectativas, no livro tem cenas bem detalhadas o que no filme foi retratado bem. 

O livro traz a história de Lou que queria salvar Will mas foi vice-versa porque foi ele quem a ajudou criar asas e voar, mostrando o caminho de como aproveitar a vida antes que seja tarde demais. E digo mais: eu super queria aquelas meias de abelhinha pra mim.
Eu simplesmente amei o filme, pelo sentimentos que os atores retratam e também pelas caretas de Lou no filme todo. Me fez rir muito! HAHAHA
No fim do filme fiquei bem decepcionada, pois queria que ela revertesse a ideia dele se suicidar... mas não deu certo e não houve o final feliz do casal.
O que achei interessante no final do filme foi a carta que ele deixou pra ela, depois dele ter morrido e deixado a herança dele pra ela,que achei simplesmente maravilhosa e que chorei muito. 
Clark
Quando você ler esta carta, terão se passado algumas semanas (mesmo com a sua recém-adquirida capacidade de organização, não acredito que esteja em Paris antes do início de setembro). Espero que o café esteja saboroso e forte, os croissants frescos e o tempo ainda ensolarado o bastante para que você se sente na calçada numa daquelas cadeiras de ferro que nunca estão bem firmes no chão. O Marquis não é ruim. O filé também é bom, se você quiser voltar no almoço. E se olhar a rua, à esquerda, verá o L’Artisan Parfumeur onde, depois de ler esta carta, você deveria experimentar um perfume que eles chamam de algo como Papillons Extreme (não me lembro direito do nome). Sempre achei que ia ficar ótimo em você.Certo, as recomendações acabaram. Gostaria de dizer algumas coisas e as teria dito pessoalmente, mas: a) você se emocionaria e b) você não me deixaria dizer tudo. Sempre falou demais.Portanto, eis aqui: o cheque que você recebeu de Michael Lawler no envelope anterior não é a quantia total, apenas um pequeno presente para ajudá-la nas primeiras semanas desempregada e para ir a Paris.Quando voltar para a Inglaterra, leve esta carta para Michael, no escritório dele em Londres, e ele vai lhe entregar os documentos necessários para você acessar a conta que foi aberta, a meu pedido, no seu nome. Essa conta tem o suficiente para você comprar um bom lugar para morar, pagar seu curso e as despesas enquanto estiver estudando em tempo integral.Meus pais serão comunicados de tudo. Espero que isso, e os serviços jurídicos de Michael Lawler, garantam que não haverá a menor dificuldade possível.Clark, quase consigo ouvir daqui você hiperventilar. Não entre em pânico, nem tente desistir — isso não é o suficiente para você sentar o seu traseiro pelo resto da vida. Mas pode comprar a sua liberdade, tanto daquela claustrofóbica cidadezinha que nós chamamos de lar quanto das escolhas que você foi obrigada a fazer até agora.Não estou lhe dando dinheiro porque quero que fique saudosa, em dívida em relação a mim ou para que isso seja uma espécie de maldita lembrança. Estou lhe dando isso porque poucas coisas ainda me fazem feliz, e você é uma delas.Sei que me conhecer lhe causou sofrimento e tristeza e espero que um dia, quando estiver menos zangada e chateada comigo, veja não só que eu só podia ter feito o que fiz, mas também que isso lhe ajudará a ter uma vida realmente boa, melhor do que se não tivesse me conhecido.Durante algum tempo, você vai se sentir pouco à vontade em seu novo mundo. É sempre estranho ser arrancada de sua zona de conforto. Mas espero que fique animada também. Sua expressão, quando voltou da aula de mergulho naquele dia, me disse tudo: você tem ambição, Clark. É destemida. Mas escondeu essas qualidades, como quase todo mundo.Não estou lhe dizendo para saltar de prédios altos, nadar com baleias ou algo assim (embora, no fundo, gostaria que você fizesse essas coisas), mas para viver corajosamente. Ir em frente. Não se acomodar. Usar aquelas meias listradas com orgulho. E se quiser mesmo se acomodar com algum sujeito ridículo, garanta que um pouco de tudo isso fique guardado em algum lugar. Saber que você ainda tem possibilidades é um luxo. Saber que lhe dei algumas me dá certo alívio.É isso. Você está marcada no meu coração, Clark. Desde o dia em que chegou, com suas roupas ridículas, suas piadas ruins e sua total incapacidade de disfarçar o que sente. Você mudou a minha vida muito mais do que esse dinheiro vai mudar a sua.Não pense muito em mim. Não quero que você fique toda sentimental. Apenas viva bem.Apenas viva.Com amor, Will.

O estilo de CLARK:

Bom, por fim,vou falar um pouco sobre o estilo da Clark durante o filme.


No início Clark chegou com suas roupas extremamente feias, mas que passavam um humor alegre e colorido. As meias calças eram a marca registrada dela! Hahaha


E quando começou a nevar então? Ela e essas galochas super fofas, com combinações variadas e bem coloridas sempre. <3


A primeira vez que usou um vestido super elegante para assistir Mozart com Will.


O que falar sobre essa do casamento da ex de Will? Eu amei!!!


Por fim uma mistura de estampas, mas que a deixou bem mais linda! (Tirando ás meias calças, que no caso era sua marca registrada).

Se gostou do post, deixe seu comentário! Beijinhos <3 

Comentários

Postagens mais visitadas